dom, 19 de novembro de 2017, 4:34 am
Vivências de denúncia e PERDÃO

Vivências de denúncia e PERDÃO

123

A vivência de denúncia e perdão de Daniel Pittet (foto acima), 58 anos, nascido em Friburgo, na Alemanha, causou-me impacto. Quando criança, sofreu abuso sexual, dos nove aos 13 anos, pelo frade capuchinho suíço Joël Allaz. Passou, segundo ele, por quase “200 atos de violação”, mas que bastaria apenas um para destruir a vida de uma pessoa. Após uma longa terapia decidiu narrar os fatos de maneira direta. Lançou o livro: “Te perdoo, padre” e o Papa Francisco o prefaciou.

Joël Allaz, com quem esteve em 2016, foi condenado em 2011 a uma pena de dois anos de prisão com suspensão condicional da sentença após um julgamento. Allaz reconhece ser “este pedófilo monstruoso que deixou uma série de vítimas”, mas garante que não tem mais “este tipo de impulso”.

MAIS ARTIGOS DE MARIA CRISTINA CASTILHO DE ANDRADE:

VIVÊNCIAS MATERNAS FELINAS 

VIVÊNCIAS DA SIMPLICIDADE

VIVÊNCIAS DA DERROTA

VIVÊNCIAS DE CRIANÇAS

VIVÊNCIAS DE OLHAR ESTREITO

VIVÊNCIAS DE ALINHAVO E AFETO

VIVÊNCIAS DAS MARGENS

VIVÊNCIAS DE FESTAS JUNINAS

VIVÊNCIAS DO PAPA FRANCISCO

O autor afirma que muitas pessoas não conseguem entender que ele não o odeia. Perdoou-o e construiu sua vida em cima daquele perdão. No prefácio, o Papa Francisco escreve: “… que outros possam ler hoje o seu testemunho e descobrir a que ponto o mal pode entrar no coração de um servidor da Igreja. (…) Como pode uma padre, a serviço de Cristo e de sua igreja, causar tanto mal? Como pode ter consagrado a sua vida para conduzir as crianças a Deus e acabar, pelo contrário, por devorá-las naquilo que chamei de ‘um sacrifício diabólico’, que destrói quer a vida da vítima, como da Igreja?”

LEIA TAMBÉM:

VIVÊNCIAS DO CIRCO

VIVÊNCIAS DO PASSAR DOS ANOS

VIVÊNCIAS DA CRACOLÂNDIA

VIVÊNCIAS DAS RUAS

VIVÊNCIAS DESAGRADÁVEIS

VIVÊNCIAS COM GERALDO CEMENCIATO

VIVÊNCIAS COM RESPOSTA

VIVÊNCIAS COM O CORREIO

VIVÊNCIAS DA VIA-SACRA

VIVÊNCIAS DE DOM JOAQUIM

VIVÊNCIAS DE CINDERELA

VIVÊNCIAS DE MINHA MÃE(2): CASULOS E BORBOLETAS

VIVÊNCIAS DE MINHA MÃE

Infelizmente, a pedofilia se encontra em diversos segmentos da sociedade e existem também leigos que cometeram esse “sacrifício diabólico” e, travestidos de bonzinhos, quando detidos, não se incomodam em tentar prejudicar, para sua defesa mentirosa, a família das vítimas. E há quem creia nesses tipos que se escondem atrás de pele de cordeiro e, na realidade, são procriadores das seitas satânicas.

Constantemente, volto ao tema em repúdio à tolerância a esse tipo de crime. Como disse Jesus Cristo: “Quem provocar a queda de um só destes pequenos que creem em mim, melhor seria que lhe amarrassem ao pescoço uma pedra de moinho e o lançassem no fundo do mar” (Mateus 18, 6). (foto acima: TV 2000it/Youtube)


CRIS CASTILHO 3MARIA CRISTINA CASTILHO DE ANDRADE

Com formação em Letras, professora, escreve crônicas, há 40 anos, em diversos meios de comunicação de Jundiaí e, também, em Portugal. Atua junto a populações em situação de vulnerabilidade social. Acesse o Facebook de Cristina Castilho.

Comente!
  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Comente!
  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Comente!