dom, 19 de novembro de 2017, 4:29 am
Nos anos 1970, Jundiaí começa a ganhar os SUPERMERCADOS

Nos anos 1970, Jundiaí começa a ganhar os SUPERMERCADOS

28044

Nos anos 1970, Jundiaí contava com muitas mercearias nos bairros. Natal Ferragut e seus filhos estavam na Vila Rio Branco; os irmãos Boa, na Vila Hortolândia; os irmãos Russi, na Vila Arens; a família de Benedito Elias, na Vila Rami. Anos antes, os Marchiori montaram seu comércio no centro. Estas famílias, com muito trabalho, forneciam o pão de cada dia. Mas passaram a sofrer uma grande concorrência. A cidade começou a ganhar os supermercados.

No início daquela década inauguraram na cidade dois dos grandes supermercados: o Jumbo e a Eletroradiobras, que na época eram concorrentes. Um tinha o elefante como símbolo. O outro, uma baleia. Os logotipos mostravam para a população a grandeza destes estabelecimentos. O Jumbo ficava na rua Coronel Boaventura Mendes Pereira. A Eletro, na rua XV de Novembro. Atualmente, os dois imóveis são ocupados pelo Extra Hipermercados.

SUPERMERCADOS

A novidade virou um sucesso imediato. Jumbo e Eletro eram os shopping centers da época. Eles vendiam muito mais produtos do que as mercearias e mercados, dando a liberdade do cliente se servir, buscar, analisar com os olhos e com as mãos o que estava comprando.
Tinham de tudo: discos de vinil, fitas cassete e compactos dos maiores sucessos na época. Vendiam roupas modernas, brinquedos, eletrodomésticos, bicicletas. E na hora da fome, tinham até lanchonete que servia um inédito lanche no prato e depois um sorvete Banana Split.

VEJA MAIS ‘JUNDIAÍ DE ANTIGAMENTE’:

A PRAÇA DA BANDEIRA, NO CENTRO, VIROU TERMINAL DE ÔNIBUS

IPIRANGA E MARABÁ DAVAM GLAMOUR AO CENTRO DA CIDADE

HÁ MUITOS ANOS, OS CARNAVAIS DE JUNDIAÍ ERAM ASSIM…

A HISTÓRIA DE UM ITALIANO PASSA POR DOIS BAIRROS DE JUNDIAÍ

QUEM NÃO SE LEMBRA DO TRENZINHO DO PARQUE DA UVA?

VOCÊ SABIA QUE O LARGO SÃO JOSÉ TEVE UM BEBEDOURO?

O CÃO FERROVIÁRIO

Os corredores eram largos e bem iluminados. Casais, jovens e adolescentes marcavam encontros nos supermercados que eram opção de compras e também de lazer. Saudade de uma época que tínhamos que esperar impacientes nossos pais fazerem a despesa para depois degustarmos nossas guloseimas.

Ir às compras no mercado não era como hoje uma incumbência repetitiva, cansativa e desgastante, talvez pela responsabilidade que não tínhamos naquela época, mas também por não existir o consumismo desenfreado de hoje.

Posso até estar enganado. Mas naquela época as pessoas eram menos tensas. Os sorrisos eram mais frequentes. Havia mais gratidão nos olhos e nos gestos dos comerciantes e comerciários, mais empatia, respeito e amor pelas pessoas.

VEJA AINDA:

A COISA PÚBLICA PARA UM CIDADÃO DA DÉCADA DE 1960

REGIÃO DA PRAÇA DA BANDEIRA ERA ASSIM

HOTEL DE LUIGI PETRONI FICAVA NA RUA BARÃO

VEJA COMO A PRAÇA DA BANDEIRA ERA NO FINAL DOS ANOS 1940

QUEM TINHA MEDO DA MARIA DOS PACOTES?

A CICA MARCOU A VIDA DE VÁRIAS GERAÇÕES

Comente!

3 COMENTÁRIOS

  1. AMIGOS, MUITO OBRIGADO PELAS MATÉRIAS DO PASSADO, AQUI POSTADAS (CREIO QUE SEJAM DO MAURÍCIO FERREIRA, CERTO?). NASCI EM 1968 E VIVI ATÉ 1983 NA MINHA JUNDIAÍ. MUDEI-ME PARA RP, MAS NÃO GOSTO MUITO DA CIDADE E VEJO NESSAS MATÉRIAS, A OPORTUNIDADE ÚNICA DE VIVER AQUELES TEMPOS. MAIS QUE ISSO: DE VIVER “VIRTUALMENTE” AINDA, EM JUNDIAÍ (QUASE TODOS OS DIAS, OUÇO A DIFUSORA, PRA MATAR SAUDADES, SABEM?). SER SAUDOSISTA NO MEU CASO, SE TORNOU “PATOLÓGICO”, JÁ (KKK…). TANTO, QUE RECENTEMENTE, ESCREVI MEU SEXTO LIVRO, DEDICADO À ISTO: “REFLEXÕES DE UM SAUDOSISTA”, NO QUAL BOA PARTE, CONTA MINHA INFÂNCIA EM JUNDIAÍ. SUGIRO MATÉRIA SOBRE A TURBAÍNA, O SPIANDORELLO, OS COLÉGIOS (ESTUDEI NO CONDE E NO DIVINO), AS BANCAS DE JORNAIS DO CENTRO, ESPECIALMENTE, OS CARRINHOS DE CACHORRO-QUENTE (DO “CHEFÃO” E “PATETA”), LEMBRAM-SE? DO CARLITOS JUNDIAIENSE, DO MEU PAULISTA, DA IMPRENSA DE JUNDIAÍ (JJ, JC, JORNAL DE 2ª, JUNDIAÍ HOJE, RÁDIO DIFUSORA E DE PROFISSIONAIS COMO SIDNEY MAZZONI E HÉLIO LUIZ LORENCINI), DA GALERIA BOCCHINO. DA MINHA TERRINHA TÃO AMADA E PARA A QUAL UM DIA HAVEREI DE VOLTAR. SE ISSO NÃO ACONTECER EM VIDA, MINHA ESPOSA JÁ SABE: QUE DESEJO MINHAS CINZAS ESPALHADAS POR ESTA TERRA QUE ME FEZ HOMEM, UM DIA. OBRIGADO PELA ATENÇÃO! SUCESSO!!!

    • Olá,senhor Emerson. Agradecemos o comentário que será encaminhado para o Maurício ainda hoje. Aproveitando, entraremos em contato para uma entrevista via e-mail sobre sua saudade e seus livros. Pode ser?

  2. Trabalhei no Jumbo Eletro muitos anos. Fui chefe da Lanchonete. Nosso carro chefe na época era a Banana Split, Sunday e os lanches Balericano, lanche Jumbo e o Famoso X Montanha. Bons tempos aqueles

Comments are closed.

  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Comente!
  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Comente!