qui, 18 de janeiro de 2018, 1:19 pm
CHUVAS aumentam perigo da dengue, chikungunya, zika e febre amarela

CHUVAS aumentam perigo da dengue, chikungunya, zika e febre amarela

A Unidade de Vigilância de Zoonoses de Jundiaí (UVZ) alerta a população para o perigo da transmissão de dengue, chikungunya, zika e até febre amarela pelos mosquitos Aedes aegypti, que se aproveitam do período de chuvas e de altas temperaturas. Com as férias e a mobilidade de parcela da população, a vulnerabilidade cresce se não houver o cuidado adequado com o quintal e casas para evitar o acúmulo de material que sirva de criadouro dos vetores.

O ano de 2017, de acordo com dados da UVZ, teve registro de quatro casos confirmados de dengue autóctones e cinco casos importados, quatro casos de chikungunya (dois autóctones e dois importados) e nenhum caso de zika.  Em relação ao ano de 2016, o período indica redução de 99,4%, quando foram registrados 353 casos de dengue.

Neste ano não há casos suspeitos ou confirmados até o momento. “No entanto, a estação verão é marcada pelo calor e chuvas, e, portanto, o cuidado deve ser redobrado entre a população para evitar o acúmulo de água que propiciem os criadouros dos mosquitos Aedes aegypti, responsáveis pela transmissão não somente da dengue, chikugunya e zika como também pela febre amarela urbana. Vale ressaltar que o mosquito não exige grande quantidade de água para colocar os ovos, que podem sobreviver meses mesmo em ambiente seco. O cuidado com o quintal é de extrema importância para o controle das doenças”, comenta o gerente da UVZ, Carlos Ozahata.

VEJA

CONCURSO PARA PROFESSOR DA PREFEITURA TERÁ 10 MIL CANDIDATOS

A UVZ intensifica as ações de prevenção desde o último trimestre do ano passado, com vistorias em Imóveis Especiais e Pontos Estratégicos, bem como realiza campanha em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde nos bairros identificados com índice de Breteau (densidade larvária) elevado. Além dessas atividades, as campanhas de educação são realizadas durante o ano todo.

Ozahata ainda explica que, com o período de férias e Carnaval, – eventos que estimulam o trânsito por diferentes localidades do país -, aumenta a possibilidade da vinda de pessoas doentes para a cidade. Estas, podem contaminar populações de mosquitos e iniciar a transmissão autóctone. O gerente lembra que as pessoas devem avaliar a situação epidemiológica dos destinos das viagens antes de optar por uma localidade. “O Ceará, por exemplo, registra muitos casos de chikungunya. Vale prestar atenção ao detalhe. É necessário que todos se atentem para o cuidado com a possibilidade de criadouros dos mosquitos, não deixando material que possa acumular água no quintal e também dentro das residências. Outra medida é o uso de repelentes e roupas que evitem o contato com os mosquitos. A prevenção é o melhor remédio contra as arboviroses”, lembra. Foto: Alexandre Martins

Comente!

Deixe uma resposta

  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Comente!
  • Termos e condições para publicação de comentários de leitores

    O presente termo tem como objetivo informar as condições para a publicação de comentários em murais e matérias jornalísticas no site Jundiaí Agora, na forma que se passa a expor:

    É vetada a publicação de comentários que:

    • sejam falsos ou infundados;
    • invadam a privacidade de terceiros ou manifestamente os prejudique;
    • promovam racismo contra grupos de minorias ou qualquer forma de fanatismo político ou religioso, discriminando grupos de pessoas ou etnias;
    • violem direitos de terceiros, tais como direitos de propriedade intelectual;
    • tenham conotação publicitária, promocional ou de propaganda, ou, ainda, que demonstrem preferência por alguma empresa ou marca(banners publicitários, vendas on-line, etc);
    • promovam discriminação de qualquer natureza;
    • incitem à violência;
    • explorem medo ou superstição;
    • se aproveitem da deficiência de julgamento e inexperiência das crianças;
    • desrespeitem valores ambientais;
    • apresentem linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
    • promovam “correntes” ou “pirâmides” de qualquer espécie;
    • violem a legislação pátria.
    • calúnia, difamação, injúria, ofensa, perturbação da tranquilidade alheia, perseguição, ameaça ou violação de direitos de terceiros;
    • propaganda política para candidatos(partidos ou coligações) e propaganda de seus órgãos ou representantes;
    • páginas e arquivos criptografados/ protegidos por senhas;
    • programas/arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos;
    • programas ou componentes de computador de usuários que venham a acessar a página do Jundiaí Agora;
    • Todo tipo de pirataria, inclusive de software;
    • O usuário não poderá utilizar-se dos serviços do site desviando a finalidade dele para cometer qualquer atividade ilícita.

    A Rapha.com reserva-se o direito de despublicar (retirar do site) os comentários que não atendam aos padrões sociais, culturais e éticos que regem a matéria.

    Fica estabelecido que o autor do comentário é inteiramente responsável pelo conteúdo nessa havido, quer perante a Rapha.com, quer perante terceiros.

    As opiniões expostas nos comentários não representam as opiniões da Rapha.com/Jundiaí Agora.

    A Rapha.com não se responsabiliza por qualquer dano advindo dos comentários publicados.
    Os usuários do site Jundiaí Agora concordam com as regras contidas neste termo, e desde já autorizam a sua publicação, inclusive nas redes sociais, estando cientes, ainda, que os comentários poderão ser indexados em buscadores nacionais e internacionais, assim como os conteúdos a que estão vinculados.

    Comente!